Categorias
jogo teatro

O paradoxo das bebidas de soja

O leitor não se engane com a aparente superficialidade do tema abordado: trata-se de uma questão civilizacional.

Refiro-me ao fato de as bebidas de soja frequentarem a vida dos consumidores de maneira ambígua. O amor pelo líquido alegadamente nutritivo convive com as suspeitas levantadas pela soja transgênica e com o horror suscitado pelos desmatamentos levados a cabo em nome do cultivo desse grão.
Quanto à maioria dos habitantes das grandes cidades, para quem o leite nasce na geladeira, a questão é a substituição dos laticínios por produtos a base de soja. É verdade que o tempo da expressão “leite de soja” vai ficando para trás; mas um ranço de confusão permanece.
O paroxismo está evidente nas prateleiras dos supermercados.
“Por que a bebida de soja de sabor ‘original’ (leia-se baunilha) fica com o leite ‘longa vida’ e a bebida de soja com aroma de fruta fica com os sucos?”, é o que perguntam diariamente tantos clientes desorientados.

Tentando fugir às oposições simplistas, não tratarei aqui a soja como vilã vendida em embalagem de mocinha nem como redentora daqueles que anseiam por uma bebida mui rica. Apenas pagarei meu tributo ao tempo em que essa modalidade de bebida era menos comum e não existiam redes sociais para falar bem ou mal delas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s