Categorias
academia alegoria arte teatro

Vanguarda equilibrada

1. O que não falei sobre o Théâtre du Soleil

O sítio da revista Cult tem um pequeno texto (cheio de frases longas) em que apresento o novo espetáculo do Théâtre du Soleil, Os náufragos da Louca Esperança. Faltou explorar melhor o fato de “Louca Esperança” ser o nome do estabelecimento onde as personagens da peça encenam um filme sobre o navio Louca Esperança.

É um abismo de metáforas, das quais sobressai uma das características mais vanguardistas (no bom sentido) desse grupo: a consciência de que, se o século XX viu a utopia dar lugar ao cinismo, isso não quer dizer que é preciso baixar a cabeça e se render.

2. Aquela vanguarda

Essa vanguarda são aqueles que tentam superar a ingenuidade otimista e não aceitam desistir do humanismo. É isto o que vejo em comum entre artistas contemporâneos que aprecio, tão diferentes formalmente: correm o risco de parecer “moderninhos” aos olhos dos velhos e “reacionários” perante muitos adultos.

De volta ao Théâtre du Soleil, a companhia equilibra-se portanto em paradoxos: sua criação é “coletiva”, mas o nome da diretora Ariane Mnouchkine impera; a peça nega capitalismo e comunismo ao mesmo tempo; e há o véu.

Uma cortina de renda separa o camarim do corredor pelo qual entra a plateia. O público portanto pode apreciar a preparação dos atores, especialmente no intervalo do espetáculo. Mas o véu é um símbolo claro: “estamos próximos fisicamente, mas não teremos contato”. “Isto é uma concepção diferente, mas não é a subversão completa”. Do caos não viria algo melhor que a tradição.

3. A crítica

Começa portanto a fazer sentido a conversa com José Arthur Giannotti (disponível na edição de outubro da mesma revista) sobre arte. Provoquei o professor de Filosofia, insinuando ser “conservador” em sua rejeição a certa arte contemporânea. Não estará ele (com um pouco mais de propriedade, porque estuda o assunto) apenas enfatizando a demanda comum por criações que se comuniquem com o público? Felizmente ainda há gente que quer ouvir algo do artista, mesmo que seja para discordar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s