Categorias
alegoria arte cinema livro poesia teatro

Caprichos de dores: O patinho vulgar

Meu bairro também tem maritacas e urubus, mas os pombos estavam logo ali.

Meu (pouco mais de) mês de revisitação aos Caprichos de dores está acabando. O evento Poemália.Língua foi uma experiência desafiadora.
Nasceu como continuação de um “online slam“, portanto da improvisação, do torneio de oratória, do teatro transpostos ao vídeo.
Terminar com “O patinho vulgar” é uma boa piada por causa do tema e também porque a forma escolhida levou ao extremo as tensões entre improviso e plano, palavra e ação, amadorismo e edição.
Saudações ao Igato, que um dia ainda quero visitar de bicicleta.

One reply on “Caprichos de dores: O patinho vulgar”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s